quinta-feira, 26 de julho de 2018

No Man´s Sky - NEXT - Análise

Games Análise
Por Fábio Alves




Trago em vídeo para vocês uma análise completa da expansão NEXT que melhorou enormemente o game No Man´s Sky. Além dos gráficos melhorados com novas texturas e ambientação, trouxe melhores design e movimentação de criaturas, uma geografia melhor para os planetas e novas missões e raças inteligentes para interagir.









Mas as grandes mudanças mesmo vieram com as novas visões em terceira pessoa tanto para o personagem quanto para a nave e finalmente o multiplayer totalmente funcional e interativo, onde os jogadores podem realizar expedições cooperativas ou encontros aleatórios ao longo do jogo. 









Apesar da grande dificuldade no lançamento em 2016, onde muito do que foi prometido pela produtora Hello Games nao foi cumprido na época e deixou inúmeros jogadores revoltados, ela esta entregando atualizações gratuitas que vêm melhorar cada vez mais o jogo para aqueles que gostam de exploração espacial e mineração de itens, se tornando um game muito mais completo e polido.






sábado, 21 de julho de 2018

Os melhores filmes de ação do cinema

Filmes Análise
Por Fábio Alves

A sétima arte sempre nos surpreendeu com grandes filmes de ação, desde os primórdios do cinema e chegando aos dias atuais com a tecnologia avançada. Assim as grandes produções mesmo recentes não dependem apenas de efeitos gerados digitalmente, mas com estruturas físicas e práticas que validam a ação na tela, trazendo autenticidade para determinada cena e que muitas vezes entram para a história do cinema.




Além disso a ação por si só nao se sustenta. É preciso um contexto verossímel para aquela determinada cena funcionar. E um roteiro condizente e justificado para a ação faz toda diferença. Os cinco filmes a seguir trouxeram esse equilibrio exato entre roteiro, tecnologia e praticidade.



Intriga Internacional (1958)




História focada no publicitário Roger Tornhill (Cary Grant) na qual é confundido com um agente secreto. Assim ele acaba mergulhando em uma trama cada vez mais intrincada e onde diversos segredos são revelados ao longo do filme, na qual é acusado de um grave crime e precisa provar sua inocência, descobrindo os verdadeiros criminosos e lutando contra a própria polícia. Um dos grandes filmes de Alfred Hitchcoch trazendo toda sua inteligência para o longa, nos levando a uma eletrizando jornada pela sobrevivência transformando seu personagem no processo.






Bullitt (1968)



O detetive Frank Bullitt (Steve McQueen) é escolhido por um promotor público para proteger Johnny Ross durante um fim de semana pois é testemunha-chave de um importante processo. Mesmo com a proteção de Bullitt, o homem é assassinado por atiradores profissionais. Assim Bullitt inicia uma incessante caçada pelos responsáveis e descobre algo inesperado ao final. O filme iniciou uma nova era do cinema, em que a violência começava a se tornar mais gráfica e menos glamourosa, com personagens mais dúbios. Com fantásticas cenas de perseguição automobilistica, moldou toda uma estética de filmes posteriores.






Duro de Matar (1988)

O detetive John McClane (Bruce Willis) é um policial de Nova York. Em pleno Natal decide ir a Los Angeles visitar a esposa. Ao chegar descobre que um grande assalto está em curso no edifício em que ela trabalha. Improvisadamente decide encarar os criminosos para resgata-la, mas as coisas acabam se tornando muito mais difíceis do que ele poderia imaginar pois não se tratam de bandidos comuns. Mesmo sem preparação se torna um pesadelo para os terroristas. O filme que transformou Bruce Willis em um astro mundial da noite pro dia, até hoje suas cenas são icônicas para o cinema pela criatividade nas cenas de ação e improvisação em situações adversas, com destaque para a atuação de Willis que reage de forma realista e desesperada diante da adversidade que encontra, sendo ora cômico, ora dramático.




Gladiador (2000)



Ao término do reinado de Marcus Aurelius (Richard Harris), desperta a ira e inveja de seu filho Commodus (Joaquin Phoenix) ao tornar pública sua predileção em deixar o trono para o popular general romano Maximus (Russell Crowe). Sedento pelo poder, Commodus mata seu pai, assume o império e ordena a morte de Maximus, que consegue fugir antes de ser capturado, passando a se esconder sob a identidade de um escravo e gladiador do Império Romano. 






Assim prepara sua vingança almejando um dia encarar o novo imperador e arrancá-lo do poder. Um exemplo de filme onde grandes réplicas foram construídas onde o diretor Ridley Scott mandou erguer uma réplica do famoso Coliseu em tamanho natural, em pleno Marrocos, onde boa parte do filme foi rodado. Com a ajuda da computação gráfica recriou fielmente todo o ambiente da época. Com cenas de ação memoráveis e violentas, criou um filme icônico, vencedor do Oscar de melhor filme e ator para Russell Crowe.




Batman - O Cavaleiro das Trevas (2008)




Este é considerado o melhor filme da trilogia sobre o Batman (Christian Bale) dirigido por Christopher Nolan e principalmente por trazer o embate do Homem Morcego com o seu principal arquiinimigo, o Coringa. Indicado a 8 Oscars, foi vencedor de duas estatuetas, entre elas a de Melhor Ator Coadjuvante para Heath Ledger (que interpretou de forma impressionante o Coringa) que faleceu após às filmagens. 







Considerado um dos melhores filmes de super herói já produzidos, traz um roteiro surpreendente e condizente com a ação, e novamente é um mistura perfeita de maquetes realistas com computação gráfica. Destaque para a cena de perseguição ao Coringa armado com uma bazuca a bordo de um caminhão.





O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final (1992)




Dirigido por James Cameron, diretor também do primeiro filme de 1984, O Exterminador do Futuro, (um clássico da ficção e ação que revolucionou um gênero) sua sequência é melhor em todos os aspectos. O Exterminador do Futuro 2 talves seja a melhor continuação da história do cinema se considerarmos as inúmeras evoluções em relação ao primeiro filme. Aqui Arnold Schwarzenegger (T-800) tem seu papel mais famoso e surpreendentemente inverte o papel de vilão que fazia no primeiro filme. 






O androide assassino agora é o herói, vindo do futuro para proteger John Connor, vindouro lider da resistência humana no futuro em que as máquinas tomaram o poder na terra. Linda Hamilton volta reprisando seu papel de Sarah Connor, mas tambem renovada em uma mulher forte e determinada a evitar o colapso tecnológico e proteger seu filho, se tornando uma das maiores heroínas do cinema.

As cenas de ação estão entre as mais impactantes já filmadas, iniciando a grande era da computação gráfica moderna no cinema como o impressionante androide de metal líquido T-1000. A trama sci-fi é muito bem desenvolvida não deixando brechas no roteiro, com uma trilha sonora marcante e um exemplo de perfeição em todos os quesitos. Acredito que pode ser considerado o melhor filme de ação de todos os tempos.



sábado, 14 de julho de 2018

No Man´s Sky - Como esta o game hoje e o que virá no update NEXT

Games Análise
Por Fábio Alves




No Man´s Sky, desde seu lançamento, foi um game muito polêmico. Desenvolvido por uma produtora indie, Hello Games, foi lançado em 2016 para Playstation 4 e Pcs envolto de muito hype. Mas com tantas expectativas altas, o tombo também foi alto.






Esse simulador de exploração espacial prometeu desde incontáveis planetas até sistemas estelares complexos para descobrir, com criaturas e biomas dos mais diversos para serem catalogados. 









Usando um sistema de crafting em que o jogador vai coletando diversas matérias primas como carbono, ferro, plutônio, zinco entre outros, usa-se esse material tanto para abastecer a nave e seu exotraje, quanto para criar itens como upgrades e até bases com veículos nos planetas. Esses itens também podem ser negociados nas estações espaciais tanto para venda como compra. Sua nave pode ser trocada por uma melhor ao longo da jornada e tudo parecia fantástico nos primeiros trailers.








Ocorre que muito do que foi prometido acabou não sendo entregue, faltando um modo multiplayer, houve downgrade nos gráficos, uma campanha confusa de ser acompanhada, problemas no crafting e limitações de armazenamento de itens (que irritou muito os jogadores) e principalmente erros de marketing. Por ser um jogo indie, esse game foi vendido muito caro na época e também deveria ter sido explicado melhor a sua mecânica que desagradou muitos. 




Como esta o game hoje





Atualmente o game recebeu três ótimos updates gratuitos, o que deve ser valorizado pois mesmo com todas as críticas a produtora não largou o game e trouxeram inúmeras novidades que não vinham no game lançado. Além de upgrade nos gráficos, trazendo novas texturas e resolução 4K, veio a opção de construir bases nos planetas e veículos para ajudar na exploração. Melhorou muito o sistema de crafting e armazenamento dos itens, onde hoje o jogador pode até comprar um cargueiro para armazenar tudo. A navegação espacial da nave também melhorou muito sendo mais responsivo.







Nova expansão NEXT


O game será lançado em 24 de julho para XBox One e junto trará um grande update chamado NEXT (também para PS4 e PC), onde a produtora promete trazer uma economia melhorada dos itens, um sistema de portais pra viagens rápidas, um universo regenerado com novas missões e histórias e finalmente um multiplayer cooperativo/PVP, entre outras novidades.




Mas como o universo do game é gerado proceduralmente (a cada novo início tudo é remodelado), há um limitação de algoritmo para grandes mudanças em toda a estrutura, ficando ainda assim um game de exploração que ainda pode não agradar a todos. O que se espera realmente é que haja uma melhora nos design das criaturas, um multiplayer funcional e que sejam remodelados alguns planetas para ficar algo mais diversificado.