segunda-feira, 13 de julho de 2015

Windows 10

Tech Notícias
Por Fábio Alves


Olá a todos. Hoje irei atualizar minha postagem deixando minhas impressões sobre o vindouro Windows 10 da Microsoft marcado para o dia 29 de julho de 2015.

Quando o Windows 8 entrou no mercado lá pelos idos de 2012 toda uma comunidade tecnológica se perguntou aonde a Microsoft queria chegar. Mudando seu layout principal (menu iniciar, área de trabalho, etc) ela esperava uma recepção positiva visto as novidades "coloridas" da interface metro, integração com tablets Surface, etc.

Mas o que encontrou foi toda uma geração de usuários hipnotizados por anos usando um menu iniciar pequeno que executava na barra inferior esquerda e lhes foi entregue uma caixa de aplicativos personalizadas incluindo uma nova área de trabalho. Somado a isso, um sistema confuso, que hora era interativo com gadgets touch, hora era pouco prático em desktops. Daí para os haters se manifestarem faltou muito pouco. Houveram melhoras consideráveis em novas atualizações até chegar ao consistente Windows 8.1.

Com um novo Kernel, aprimorou um sistema já robusto com baixíssimas taxas de erros e performance excepcional em diversas aplicações, melhorando em processamento, qualidade de jogos e vídeos, navegação mais adequada a desktops com ícones condizentes, etc. Mas ...Faltava o menu iniciar lá no cantinho esquerdo. E lá vamos nós em 2015 com um novo Windows, mercadologicamente chamado de Windows 10, e com menu iniciar remodelado com o blocos (Tiles) dinâmicos na barra inferior esquerda.

Então espera-se um sistema evoluído, incluindo a assistente pessoal Cortana, "roubada" do Master Chief da série de games Halo e um ambiente mais intuitivo do que a primeira versão do Windows 8.Vamos ver se a gigante retoma a confiança principalmente em desktops para seus principais clientes e mais rentáveis: as empresas. Para nós que agregue novas tecnologias. E melhorias são prometidas, como o novo DirectX 12 e o novo navegador de internet Microsoft Edge. Há a promessa de integração desde os smartphones com Windows Phone até tablets Surface, com a mesma nomenclatura Windows 10 para todos.

Há a promessa de manter a mesma performance do Windows 8.1 aliada a uma interface mais tradicional.
Acredito que ganhará mercados com esse upgrade, principalmente entre empresas e corporações que alegavam queda de rendimento ou produtividade em decorrência da falta de agilidade da interface metro e a barra charm.
Foi positiva a apresentação do novo Windows, tirando a piadinha de que não sabem contar. Na verdade o Windows 8.1 deveria ter sido o 9. (A Valve também não sabe contar. Ou só até dois)

E é isso aí. Vamos ver o que o futuro próximo nos reserva.Previsão de lançamento em 29 de julho de 2015 com reserva de download e upgrade para users de sistemas Windows 7, 8 e 8.1. Lembrando que será gratuito por um ano para usuários desses sistemas e para quem participou do programa de preview da Microsoft. Até a próxima !! <=

Nenhum comentário:

Postar um comentário