sábado, 23 de abril de 2016

Planetas habitáveis mais próximos da Terra

Curiosidades Notícias
Por Fábio Alves

Há 13 anos luz de distância, o mais próximo já detectável, está um planeta que orbita a estrela de Kapteyn, uma anã vermelha que tem apenas 30% do diâmetro do nosso sol. Descoberto por Guillen Anglada-Escude, da Universidade Queen Mary de Londres, usaram os dados obtidos do observatório de La Sília, localizado no Chile, tendo localizado dois planetas. Um deles em especial, batizado de Kapteyn b, chamou a atenção, tendo cinco vezes a massa da Terra e completando a volta em torno da estrela em 48 dias. Assim descobriu-se que está situado em zona habitável, inclusive com água em estado líquido e em tese, deve ter condições de ter vida como a conhecemos.





Mas o mais surpreendente é o tempo de constituição desse planeta. Acredita-se que a estrela em que orbita, Kapteyn, tenha nascido há 11,5 bilhões de anos atrás, ou seja, o universo teria surgido há apenas 2,3 bilhões de anos antes dela. Nosso sistema solar só surgiu 6,9 bilhões de anos depois para efeito de comparação. Assim seria extremamente antiga essa estrela.





Suspeita-se que a estrela de Kapteyn tenha surgido onde hoje se localiza o aglomerado de estrelas conhecido como Ômega Centauri e pelo seu tempo de formação abre um precedente incrível para o planeta que a orbita: em caso de ter surgido vida, ela teria um tempo gigantesco de evolução em caso de ter vingado e indaga-se que tipo de vida teria evoluído ali. É um misterio intrigante para os pesquisadores.




Outro planeta possivelmente habitável, a 14 anos luz da terra, é o Wolf 1061c, que orbita também uma estrela anã, Wolf 1061. Também há a possibilidade de ter água em estado líquido e faz parte de um conjunto de 3 planetas rochosos. O Wolf 1061c estaria numa zona viável para vida visto ser relativamente frio e estável.







Um dos mais famosos exoplanetas descobertos é o Gliese 667Cc, descoberto em fevereiro de 2012. É considerado uma superterra por ter 4,5 vezes a massa de nosso planeta e demora 28 dias para completar a orbita em volta de sua estrela. Mas esta a 22 anos luz de distância.






Então o Kapteyn b trata-se do planeta habitável mais próximo da terra confirmado. Porém em Tau Ceti, a 12 anos luz de distância é previsto ter um planeta com condições habitáveis, assim como pesquisas recentes observando Alfa Centauri, a apenas 4,2 anos luz daqui, também pode ser detectado planetas habitáveis brevemente. 







O que se especula diante desses achados é que em caso de cataclisma em nosso mundo possa haver opções de escape de nossa civilização para esses novos mundos habitáveis. Isso já foi especulado por grandes cientistas como Stephen Hawking que o futuro de nossa raça deverá ser as estrelas caso queira se preservar. E acredito que seja o caminho mais viável. Navegar de novo, como fizeram nossos ancestrais para descobrir novos mundos. Não mais os mares, mas as ondas do cosmos até as estrelas! Até mais!





Nenhum comentário:

Postar um comentário